A Central de Material e Esterilização (CME) é um departamento imprescindível para o funcionamento de todo hospital e serviço de saúde. Consiste em uma unidade essencial para a qualidade dos serviços, segurança dos pacientes e dos profissionais.

Dessa forma, a CME realiza processos associados ao preparo e esterilização dos materiais e equipamentos utilizados nos procedimentos hospitalares. Uma atividade relevante e que contribui para evitar a disseminação de infecções e riscos aos pacientes.

Entenda como ela atua e qual sua importância para um centro hospitalar, além de quais são os principais tipos. Acompanhe!

O que é o CME?

A CME é um departamento responsável por higienizar e armazenar materiais, utensílios e materiais utilizados nos procedimentos médicos, cirurgias e outras operações.

Em outras palavras, é o setor que realiza a esterilização e preparo dos equipamentos para garantir as perfeitas condições de uso. Para isso, existem diferentes processos e cuidados para promover o suprimento adequado ao atendimento clínico.

A Resolução RDC de 15 de março de 2012, classifica a CME como uma unidade funcional para o processamento de produtos dos serviços de saúde. São processos vitais para os hospitais e proporcionam maior controle e segurança.

Como a CME funciona?

Uma CME realiza processos criteriosos em cada material hospitalar e etapa, como:

  • recepção;
  • tratamento;
  • armazenamento;
  • distribuição.

São feitas a limpeza e desinfecção, avaliando a funcionalidade e distribuindo ao uso médico apenas itens adequados. Os profissionais da unidade cumprem etapas específicas e que certificam a completa esterilização de todos os itens utilizados pelos enfermeiros e médicos.

Veja a seguir como os procedimentos da CME funcionam!

Processo de expurgo

O expurgo é uma das etapas primárias, onde os materiais são:

  • recepcionados;
  • separados;
  • conferidos;
  • lavados.

Dessa forma, acontece a desinfecção inicial dos utensílios em máquina ultrassônica, para uma limpeza eficiente e profunda.

Preparo e esterilização do material

Após o expurgo, os materiais são preparados para o processo de esterilização, responsável por eliminar os agentes infecciosos. Assim, é um passo que exige o uso de equipamentos específicos, como termodesinfetores e autoclaves, garantindo resultados seguros.

Armazenamento e distribuição

Após, os materiais são submetidos a uma análise criteriosa, para certificar se estão em condições de uso. Se estão conforme os padrões de segurança, os itens são separados e armazenados para a futura distribuição.

Portanto, é necessário que todos os profissionais que atuam na CME sejam capacitados e treinados. A regularidade do departamento contribui diretamente para impedir a ocorrência de infecções hospitalares que podem levar ao óbito.

Quais são os principais tipos de CME existentes?

A Central de Material e Esterilização pode ser classificada em diferentes tipos, considerando a forma de funcionamento do setor. Cada unidade hospitalar define o modelo adequado para suprir suas atividades com materiais seguros e desinfectados.

Assim, os tipos de CME e suas características são:

  • descentralizado: tipo em que cada hospital conta com sua própria CME para lidar com os materiais utilizados nos atendimentos e procedimentos;
  • semicentralizado: quando a unidade realiza o preparo inicial e encaminha para a esterilização na CME;
  • centralizado: uma única CME atende todos os setores do hospital, realizando todos os processos, incluindo o armazenamento e distribuição.

A definição do tipo de CME que será adotado em um hospital deve acontecer com base em um planejamento eficiente. Dessa forma, o departamento precisa atender as demandas com eficácia, disponibilizando materiais em quantidade e qualidade necessárias.

Assim, o dimensionamento correto e apoio especializado são indispensáveis para ter itens higienizados para a atuação médica, pois tem influência direta na segurança de todos os envolvidos.

Qual a importância da CME para os pacientes?

Apesar da unidade CME não atuar diretamente com os pacientes, ela é primordial para sua segurança. Pois trata-se do setor que vai realizar todo o preparo e esterilização dos materiais utilizados na assistência médica e procedimentos cirúrgicos.

Com um processo de esterilização profissional e eficiente, é possível impedir a disseminação de agentes infecciosos, como fungos, vírus e bactérias, responsáveis por elevar os riscos para os pacientes em tratamento. Além disso, a qualidade dos instrumentos e materiais utilizados pela equipe de enfermagem e médicos é decisiva para sua atuação. 

Com o avanço da medicina e a complexidade dos procedimentos clínicos, o uso de novos instrumentos aumentou. A CME garante que todos sejam adequados para utilização apropriada e livre de contaminações.

Portanto, um setor de CME bem estruturado e eficiente é essencial para a proteção do paciente e corpo clínico.

Por que é fundamental contar com boas soluções CME?

A eficiência é um critério imprescindível para os serviços de saúde e precisa estar sempre como prioridade. Consiste em algo que faz a diferença para promover atendimentos, procedimentos e assistências médicas seguras e elevar a possibilidade de sucesso.

Dessa forma, contar com empresas especialistas em tecnologia para segurança do paciente, visando a comercialização dos melhores produtos e equipamentos, é essencial.

Exemplo disso é a Getinge, empresa que atua com a tecnologia médica deste 1932 e em mais de 39 países. Reconhecida pela qualidade e inovação das suas soluções. 

Além disso, sobretudo na esterilização e controle de infecções, a empresa é considerada líder mundial no setor. No Brasil, fornece produtos e materiais hospitalares, comercializados pela RTS.

A Getinge é parceira da RTS, que atua há mais de 20 anos, oferecendo as melhores soluções para a saúde com um portfólio completo de materiais para hospitais. 

Dessa forma, com o apoio da RTS e os produtos da Getinge, o hospital terá a oportunidade de inovar no departamento de CME, contando com equipamentos que, além de altamente eficientes, contribuem para o uso sustentável de água, energia e detergentes.

Portanto, se você gostou de saber mais sobre CME e deseja conhecer soluções eficazes para seu hospital ou serviço de saúde, não perca a oportunidade. Conheça os produtos da Getinge comercializados pela RTS!

COMPARTILHE: