Escolher um bom fornecedor de equipamentos hospitalares tem papel fundamental para o bom funcionamento da instituição de saúde. Ao definir a qualidade dos produtos e serviços que serão oferecidos, assim como profissionalismo e comprometimento da empresa, é possível assegurar o bom andamento dos procedimentos e atividades dentro do ambiente hospitalar. Do contrário, todo o trabalho poderá ser comprometido.

No entanto, escolher um fornecedor de equipamentos hospitalares não é uma tarefa fácil. A boa notícia é que, seguindo algumas dicas, é possível tomar uma decisão que ofereça sucesso nessa etapa.

Assim, o hospital ou clínica poderá oferecer os melhores produtos e serviços para seus pacientes, otimizando processos e garantindo segurança e saúde. Neste artigo, apresentaremos algumas dicas para ajudar os responsáveis pela gestão hospitalar a escolherem um bom fornecedor de equipamentos hospitalares. Acompanhe!

Dicas para escolher o melhor fornecedor de equipamentos hospitalares:

Escolher o melhor fornecedor de equipamentos hospitalares requer do gestor cuidado em relação à análise técnica. Afinal, muitas questões devem ser consideradas. A seguir, listamos os principais pontos a serem analisados para a escolha correta.

1. Avalie a qualidade dos equipamentos

A saúde é uma área em constante evolução e que conta com a tecnologia cada vez mais presente em seus procedimentos. Por isso, é importante avaliar a qualidade dos equipamentos médicos oferecidos pelo fornecedor, assegurando que sejam modernos e acompanhem as últimas inovações tecnológicas.

Desse modo, antes de decidir pela empresa, peça uma demonstração dos produtos disponíveis, solicitando detalhes técnicos como a origem dos equipamentos e a tecnologia utilizada. Além disso, confira também a diversidade das linhas oferecidas. Assim, é possível obter diferentes itens do mesmo fornecedor, economizando tempo de escolha e alcançando melhores condições para preços e formas de pagamento.

2. Observe a tecnologia aplicada

Como vimos anteriormente, é importante conhecer o investimento que o fabricante realiza em inovações para os equipamentos, afinal, o desenvolvimento tecnológico no setor traz infinitos benefícios. 

Dessa maneira, cabe ao gestor pesquisar as tendências do mercado, como os lançamentos e novidades que podem levar benefícios à instituição. Caso o fornecedor realize a troca de equipamentos com frequência, significa que os produtos são sempre atualizados. Essa possibilidade contribui para que a instituição tenha avanço nos processos,   redução de custos a médio e longo prazo, melhor suporte de assistência técnica e segurança.

3. Avalie o custo-benefício dos equipamentos

Outro fator a ser avaliado para escolher o melhor fornecedor de equipamentos hospitalares é o custo-benefício. Ainda que a qualidade e atualização sejam importantes, os limites financeiros da instituição devem ser considerados.

Isso não significa escolher os produtos mais baratos do mercado. O foco é garantir qualidade a partir de alternativas que possam equilibrar entre o preço e as funções oferecidas.

Uma boa opção é conversar com as equipes de profissionais, conhecendo as necessidades da instituição. Com essas informações, é possível buscar fornecedores de equipamentos hospitalares específicos.

Além disso, o gestor deve conhecer as funções e tecnologias, para verificar se os equipamentos oferecem o que há de mais moderno no mercado, justificando o valor investido. Da mesma forma, é importante avaliar se o custo está de acordo com a disposição da instituição.

4. Pesquise a reputação e a experiência da empresa

Para os produtos hospitalares existem normas nacionais e internacionais que devem ser consideradas. Portanto, é essencial que o gestor busque informações como: 

  • Padronização seguida pelo fornecedor; 
  • Conhecimento em normas como a ISO;
  • Experiência na manutenção dos equipamentos (corretiva e preventiva);
  • Modelos de treinamento que podem ser oferecidos para cada tecnologia.

Dessa maneira, a reputação do fornecedor diante dos contratantes funciona como um importante indicador de confiança. Isso porque, em empresas de qualidade, o bom funcionamento da instituição é fundamental.

Assim, o gestor deve pesquisar sobre as empresas no mercado que oferecem, além de produtos de qualidade e preço adequado, rápido atendimento para manutenção e reposição dos equipamentos, como também profissionais qualificados para educar os contratantes sobre o uso de cada aparelho.

Para isso, é importante visitar sites das empresas especializadas e até mesmo conferir as redes sociais. Além disso, se houver tempo disponível, uma boa ideia é firmar um contrato menor, conhecendo um pouco do serviço oferecido pela empresa antes de investir em um acordo maior.

5. Conheça o atendimento da empresa

Ao entrar em contato com um fornecedor pela primeira vez, o gestor terá a chance de avaliar boa parte do seu atendimento prestado. Afinal, é importante conhecer melhor o atendimento oferecido antes mesmo de escolher a empresa, certificando-se que terá o suporte ideal.

Desse modo, caso o fornecedor não apresente comprometimento com a qualidade do atendimento inicial, é muito provável que o suporte técnico e atendimento pós-contrato deixe a desejar.

É importante observar em quanto tempo o fornecedor retorna esclarecendo as dúvidas do contratante, se existe demora para enviar orçamentos, responder questionamentos simples relacionados aos aparelhos ou ao contrato.

Esses são alguns indicativos da forma como a empresa atua e, caso não ofereça agilidade no atendimento inicial, uma boa sugestão é procurar por outra empresa que atenda a todos os requisitos. Considerando a importância do atendimento pós-contrato, principalmente para equipamentos hospitalares, é fundamental que o fornecedor realize um bom atendimento desde o início.

6. Avalie as condições do contrato

Por fim, antes de escolher o fornecedor de equipamentos hospitalares é preciso avaliar as condições de contrato oferecidas pela empresa. Para isso, o gestor deve analisar os valores, prazos, flexibilidade e também os termos relacionados à rescisão.

Muitas empresas trabalham com prazos que não podem atender às necessidades do contratante. Portanto, é importante ter atenção para detalhes como este, resolvendo tais problemas antes mesmo de firmar o contrato.

A flexibilidade é um fator importante, afinal, dentro de um ambiente hospitalar, as necessidades podem variar, mudando o cronograma. Mesmo que pareçam muitos detalhes a serem observados, o gestor deve entender que o melhor fornecedor terá todas as características para atender a instituição da melhor forma.

Agora que você entendeu a importância de escolher o melhor fornecedor de equipamentos hospitalares e conferiu os principais fatores a serem considerados para essa escolha, lembre-se que, encontrar uma empresa com credibilidade no mercado também tem grande peso na decisão. Por isso, busque referências e invista em qualidade. Essa é a melhor forma de levar segurança e economia para a instituição.

O que você achou destas dicas? Está pronto para escolher a melhor empresa em equipamentos hospitalares? Então, conheça os produtos e serviços da RTS!

COMPARTILHE: